Como já disse aqui outras vezes, a imprensa de língua espanhola dá de mil a zero na brasileira no que tange a não ser careta e ousar. A capa em questão é do jornal colombiano El Tiempo e, como podem ver, é praticamente como se tivéssemos posto o periódico no espelho.
Porém, ela está toda ao contrário mesmo, com direito a todas as fotos serem de pessoas de costas. O motivo? Dar uma sacolejada na galera e solidarizar-se com os protestos contra as FARC. E para quem acha que uma determinada coisa deletéria à sociedade perde força se solenemente a ignorarmos, o jornal já disse: dar as costas ao problema não faz com que ele desapareça. E o pedido para que o povo saia para a marcha de protesto.

No Brasil, um dos poucos jornais que se aventurou a quebrar a caretice reinante em nossa imprensa foi o Correio Braziliense. Porém, o que El Tiempo fez é algo de uma elegância ímpar, uma vez que mantiveram exatamente a mesma diagramação sisuda de costume, espaços bem demarcados, apenas invertendo as letras e pondo só fotos de pessoas de costas.
Segue o link de onde se pode ler mais a respeito da tal capa que, creio, poderá ganhar lugar de destaque no panteão das melhores de todos os tempos. É capa que chama ao debate, dá um tapa na cara do leitor para que ele preste atenção ao problema e em momento algum cai na hipocrisia da imparcialidade ou do “você acha isso ruim, mas há gente que conheço que acha legal”.

Anúncios